DDA – Pagamento Bancário

O DDA (Débito Direto Autorizado) é uma ferramenta desenvolvida pelas instituições financeiras para facilitar a vida do usuário na sua gestão e obrigações financeiras para quitação de contas a pagar. Ele garante mais agilidade, e segurança nas transações, visto que o credor envia as contas a pagar diretamente na conta bancária do cliente.

Com a finalidade de auxiliar a operação financeira, o Gescor já disponibiliza a ferramenta para uso dos clientes adeptos ao regime.

O mecanismo de pagamento bancário do Gescor permite que contas a pagar sejam liquidadas automaticamente junto ao banco através de um arquivo de integração. A ferramenta pode ser encontrada no menu Financeiro, junto da opção “Pagamentos/Contas a Pagar” conforme a imagem abaixo.

Ao selecionar a opção indicada acima, será aberta a tela de título “Pagamentos Bancários| Consulta”.

                Criação do malote         

Nesta tela serão gerados os malotes a partir do botão “Incluir”. Malotes são os arquivos que registram no banco quais títulos podem ser liquidados.

Para tanto, clique em incluir, informe o banco e o layout de geração (geralmente um layout por banco):

Edição do malote

Depois de criado o malote, os botões de alterar e excluir apenas alteram o malote recém criado. A edição não mexe nos títulos do malote. Para começar a incluir contas no malote, utilizar o botão “editar malote”.

É na tela de edição de malote que o usuário pode incluir títulos para liquidar.

Após selecionar o(s) título(s) desejado(s), o sistema irá abrir a tela de aceite, para a vinculação do boleto bancário:

Após vincular o boleto bancário, o usuário pode clicar em OK para finalizar a vinculação. Nesta tela também é possível fazer alterações na conta. Caso mais de uma conta seja selecionada, o boleto será vinculado a todas elas, ou seja, o fornecedor enviou um boleto para a liquidação de diversos títulos.

Depois de vincular os títulos desejados, ao voltar para a tela anterior (edição de malote), o usuário poderá verificar que os títulos estão no quadro inferior da janela. Isso significa que eles foram adicionados ao malote e serão exportados junto no arquivo. Clicando em OK, finaliza-se a edição do malote.

Antes da finalização, ainda é possível clicar em “Conciliar DDA”.  Esta rotina irá percorrer o repositório de dados de DDA já importado e ainda pendente de ligação com as contas a pagar, de modo a localizar uma conta a pagar para fazer a ligação. Caso a ligação automática não se realize, é possível clicar em “DDA Pendente”. Essa função abre uma tela onde o usuário pode fazer a associação manualmente ao malote.

Geração do arquivo de remessa de malote (pagamento bancário)

Após vinculo dos arquivos ao malote, deve-se gerar o arquivo e enviá-lo ao banco. Na tela principal de Pagamentos bancários, no painel de botões, existem as seguintes opções:

Já verificamos as funcionalidades dos botões Incluir, Alterar, Excluir e Editar Malote. A opção de Gerar Malote vai criar o arquivo de remessa que será enviado ao banco.

Quando o arquivo de remessa do malote foi gerado, ele passa para o estado de “malote fechado”. Caso seja necessário fazer alguma alteração no malote, o usuário precisará clicar em Reabrir Malote.

O botão de Imprimir gera um relatório com a listagem dos títulos enviados ao banco para DDA.

O botão de Importar Retorno recebe o arquivo de retorno e já liquida os títulos no sistema, de acordo com a sua liquidação automática no banco. Para conferência das liquidações poderá ser utilizado relatório específico.

Observações para Layouts específicos:

LAYOUT SANTANDER:

O layout Santander possui algumas particularidades em sua utilização.

Ele permite maximizar o funcionamento da ferramenta do pagamento a fornecedores DDA utilizando de crédito em conta, seja, por cheque, TED, DOC, OP ou Pagamento com Autenticação, pagamento de títulos e pagamento de contas e tributos.

Esta opção poderá ser visualizada na etapa de edição do malote ao selecionar os títulos em questão.

Ao selecionar a primeira opção, será solicitada a identificação do tipo de operação e então os dados da conta que receberá o crédito.

A segunda opção, contempla o funcionamento normal já descrito neste manual.

Já a operação 3, contempla o pagamento de contas e tributos. O seu funcionamento será muito similar ao uso normal, porém o código de barras para pagamento de tributos iniciam pelo nº 8 diferente do código normal que identifica o banco.